Connect with us

Economia

BNA: Taxa de juro base reduzida para 19,5%

Published

on

       O Banco Nacional de Angola (BNA) reduziu a taxa de juro base de 20 para 19,5% em decisão saída da 107ª Reunião do Comité de Política Monetária, informou nesta segunda-feira, o Governador José de Lima Massano, em Conferência de Imprensa em Luanda.

A Taxa de Facilidade Permanente de Liquidez, de acordo ainda com o governante, foi reduzida de 23 para 21 %, ao passo que  a taxa de juro da facilidade permanente da absorção de liquidez, permance inalterada em 15%.

A decião de reduzir a taxa de juro base foi impulsionada pelo controlo da liquidez, da apreciação do kwanza, face as principais moedas estrangeiras, e do aumento da oferta de bens essenciais de amplo consumo nacional.

“ O BNA entendeu estarem reunidas as condições para a redução da taxa de juro directora (base), tendo levado em conta, além do ambiente interno, o contexto e os riscos externos, dada a exposição da economia angolana ao sector petrolífero e ao peso dos bens alimentares importados na base da oferta do mercado interno”, esclareceu.

No domínio da Economia José de Lima Massano referiu que o sector externo tem estado a beneficiar-se de mais créditos, onde os serviços de bens registaram um saldo superavitário de 23,3 mil milhões de dólares, em termos acumulados, até Agosto transacto, num aumento de 78,5 % comparativamente ao mesmo período de 2021.

O desempenho, que considerou de positivo, resulta do aumento do valor das exportações, em cerca de 67,8 %, que excedeu o crescimento de 49,2 observado nas importações.

Sobre as reservas internacionais, o governador do BNA, referiu que até ao passado mês de Agosto situaram-se em 13,8 mil milhões de dólares, que se traduz numa cobertura de sete meses de importações de bens e de serviços para o país.

No que diz respeito à sector real da economia, José Massano avançou que os dados do emprego e o clima de confiança dos gestores e empresários, referentes ao segundo trimestre de 2022, evidenciam a consolidação do crescimento da actividade económica.

“Neste sentido, o desemprego reduziu, no terceiro trimestre consecutivo, atingindo uma taxa 30,2%, abaixo da regista no mesmo período no ano transacto, que foi de 31,6 %”.

No que se refere a actividade financeira, comparativamente a Dezembro de 2021, o responsável destacou o crescimento de 7,1 % do stock de crédito concedido em moeda nacional, apesar da preocupação do crédito malparado, que se mantém em cerca de 21%.

Quanto ao domínio monetário, José de Lima Massano apontou que a trajectória monetária, em moeda nacional, continua consistente nos objectivos de política monetária, tendo recuado 0,12 no mês de Agosto, correspondendo a uma contracção anual de 2,74 %.

Esclareceu que a inflação teve o seu percurso de desacelerado, tendo se fixado, em Agosto, em 19,8 %, abaixo dos 21 % do mês anterior e dos 26,1% do período homólogo.

O Comité de Política Monetária mantém a perspectiva de taxa de inflação, para o final deste ano, abaixo da previsão inicial de 18 %, caminhando para o objectivo de um dígito a médio prazo.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas