Connect with us

Economia

Políticas de educação e inclusão financeira do BNA conta com PNUD

Published

on

O Governador José de Lima Massano e o representante do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Edo Stork, assinaram nesta quarta-feira, 28, em Luanda, um memorando de entendimento no domínio do reforço da cooperação em matéria de aprofundamento das políticas de educação e inclusão financeira da população mais vulnerável no país. 

 No quadro da plataforma de cooperação Sul-Sul, as partes acordaram reforçar a troca de experiências em sede de estratégias de inclusão financeira, promoção de fóruns para troca de informações sobre inclusão financeira com trabalhadores informais e empresários, bem como a identificação das melhores ferramentas para aprofundar o seu acesso ao sistema financeiro, promoção de acções que estimulem o desenvolvimento de novos meios de pagamentos digitais, tais como transferências instantâneas e outros considerados fundamentais para a inclusão financeira.

O protocolo, com duração de dois anos, prevê igualmente o apoio técnico para a elaboração do plano ou programa de educação financeira a nível nacional, acções de inclusão financeira que promovam a igualdade de gênero e empoderamento feminino, bem como a implementação de programas de iniciativas na área de tecnologia financeira para o desenvolvimento do ecossistema de Fintechs em Angola, no âmbito do Laboratório de Inovação do Sistema de Pagamentos (LISPA).

A cerimónia de assinatura do memorando do entendimento contou com a participação de membros do Conselho de Administração e do Corpo Directivo do Banco Nacional Angola, bem como​​ representantes do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento e Ministério da Economia e Planeamento.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *