Connect with us

Mundo

Bloqueio de emitir na Europa leva TV russa instalar-se em África

Published

on

A estação de televisão estatal russa “Russia Today”, está a preparar-se para se instalar na África do Sul. Uma decisão que surge na sequência da proibição de transmissão na Europa e que visa fomentar o apoio africano a Vladimir Putin.

Segundo a agência de informação financeira Bloomberg, o canal de televisão russo está “actualmente focado no desenvolvimento do ‘hub’ africano a partir da África do Sul”. A antena africana será liderada por Paula Slier, uma jornalista sul-africana que dirigia o escritório da em Jerusalém.

A entrada em África contrasta com a proibição de que a televisão estatal russa foi alvo na União Europeia, no Reino Unido e no Canadá, depois da invasão da Ucrânia pela Rússia, a 24 de Fevereiro.

Na altura, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, proibiu a ‘Russia Today’ e a Sputnik de transmitirem em território europeu, defendendo que assim “não poderiam continuar a espalhar mentiras para justificar a guerra de Putin”. A decisão europeia mereceu um processo em tribunal, interposto pela estação russa, em Junho, no qual se afirma que a UE está a censurar jornalistas.

A confirmar-se a transmissão do sinal russo em África, será mais um passo na estratégia mediática de Moscovo no continente para contrariar as acusações europeias e norte-americanas de que a invasão da Ucrânia pela Rússia é injustificada e está a aumentar os preços dos alimentos e dos combustíveis.