Connect with us

Economia

Blocos petrolíferos em concurso com adesão satisfatória de multinacionais

Published

on

O recente aviso da abertura de Concurso Público Internacional de exploração por licitação de oito blocos petrolíferos angolanos, despertou interesse de várias multinacionais petrolíferas que operam no país, que estão neste momento a disputar a corrida para os blocos.

A informação é avançada pela Agência Nacional de Petróleo de Gás e Biocombustíveis (ANPG), numa nota a que o Correio da Kianda teve acesso.

São no total “oito blocos petrolíferos” que se encontram nas bacias offshore do Baixo Congo e Kwanza, que aquele órgão regulador colocou em concurso no passado dia 5 de Abril.

Passadas duas semanas, de acordo com a nota, a Eni Angola apresentou uma proposta para o Bloco 31/21, como operador com 50% de participação, em parceria com a Equinor. A Equinor, por sua vez, submeteu uma proposta para o mesmo bloco, com participação de 50%, como sócia. A TotalEnergies apresentou proposta de licitação para o Bloco 16/21, com 100% de participação.

“Sabendo que as bacias em licitação foram estudadas e que os investidores puderam comprovar que o nosso ambiente de negócios é recomendado – e que os investidores o reconhecem – e que a ANPG garante o diálogo e trabalho contínuo com os operadores e com parceiros que confiam em Angola, é algo que nos mostra que estamos no caminho certo e que temos de nos empenhar mais para dinamizar o nosso sector petrolífero e o seu contributo para a economia nacional”, comentou Paulino Jerónimo, CEO da ANPG.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *