Connect with us

Politica

Bloco Democrático denuncia “actos constantes” de intolerância política

Published

on

O secretário-geral do Bloco Democrático disse que o seu partido tem sido vítima constante de alegados actos de intolerância política.

Mwata Sebastião falava esta quinta-feira em conferência de imprensa, em Luanda, na sede do seu partido. O político apontou a vandalização das suas estruturas no Cazenga, como exemplo do que considera comportamento criminoso.

“Há anos que o BD tem sido vítima da intolerância. Parte das suas lideranças têm sofrido sérias perseguições, como aconteceu recentemente com o secretário Municipal do Cubal Enriques Guelengue, que se viu obrigado a abandonar a sua residência e família, tendo se refugiado em Luanda, porque estava em perigo a sua vida”, disse

Mwata Sebastião disse ainda que a sua formação política “vai continuar a pautar pela cultura democrática que o caracteriza e apela aos militantes de outros partidos políticos a viverem na diferença”.

“Este modo de acção que os inimigos da cultura democrática assumiram, demonstra que a única cultura política que têm é o de não saber conviver na diferença e no pluralismo de opinião e manifestação, pelo que o crime com o recurso a intolerância é a única forma que têm para demonstrar autoridade”, frisou.