Connect with us

Economia

Biocom colhe 120 mil toneladas de açúcar na Safra 2023

Published

on

A companhia de biocombustíveis, Biocom, na província de Malanje, prevê colher na presente época agrícola, 120 mil toneladas de açúcar, 10 por cento a mais, comparativamente a 2022.

A informação foi avançada na manhã desta quinta-feira, 27, pelo director geral da empresa, Uirá Ribeiro, quando procedia o discurso de abertura da Safra 2023, no pólo industrial no município de Cacuso.

O director geral da Biocom disse que a décima safra representa a continuidade do seu programa de contribuir para o aumento da produção nacional e da auto-suficiencia alimentar no país.

“Gostaria de destacar algumas das conquistas da Biocom nestes 10 anos de muito trabalho, dedicação e comprometimento de todos os colaboradores”, disse, sublinhando que aquela companhia é “a única agro-indústria no país, produtora de açúcar, álcool e energia eléctrica limpa e renovável através do cultivo da cana de açúcar em uma área superior a 30 mil hectares”.

Já o director de Relações Institucionais da Biocom, Luís Adriano Félix Júnior, revelou à imprensa, que na Safra 2022, em que se previam ser colhidos 128 mil toneladas de açucar, a produção foi de 110 mil, pelo que para este ano, a previsão é de um aumento de 10% perfazendo 120 mil toneladas de colheitas.