Connect with us

Sociedade

Bié ganha centro de pesquisa e investigação agrária

Published

on

Foi inaugurado esta sexta feira, 3, o primeiro Centro de Pesquisa e Investigação Agrária do Instituto Superior Politécnico Ndunduma, no Cuito, Bié.

Na ocasião, o governador da província, Pereira Alfredo, enalteceu a iniciativa privada e disse que valeu a pena o Governo ter dado licença a Instituição de Ensino Superior Ndunduma.

“O Estado angolano e o Governo da Província do Bié,em particular, assume que valeu a pena ter concedido a licença à está instituição”, afirmou.

Pereira Alfredo, disse ainda que o Centro de Pesquisa e Investigação Agrária “vai contribui para o desenvolvimento da Agricultora e contribuir para a qualidade dos solos, da água que bebemos e do alimento que chega a mesa das famílias Bienas e não só”.

O governante reconheceu o empenho da instituição e elogiou os equipamentos de ponta constantes no Laboratório de pesquisa e os Recursos humanos, Pereira Alfredo solicitou que o centro ora inaugurado “forneça resultados quer para suporte governativo assim como para outras entidades que solicitarem estes serviços”.

O Centro possui um laboratório totalmente equipado, um auditório com capacidade para albergar 70 pessoas, dois dormitórios, feminino e masculino, casas de banho e dois escritórios, com serviços de microbiologia de alimentos, água, recursos naturais, estudos de erosão e investigação das técnicas pois colheitas.

O acto de inauguração do Centro de Pesquisa e Investigação Agrária do Instituto Superior Politécnico Ndunduma, contou com a presença de Directores da Agricultura das Províncias do Moxico, Cuando Cubango, Cuanza Sul, Huambo e Bié, representantes do Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA), membros do Governo, Órgãos de Defesa e Segurança, dentre outros convidados.

Continue Reading
1 Comment

1 Comment

  1. Kaponga kalenga

    13/06/2023 at 2:10 am

    “A democracia chama-se a meritocracia”devémos priorizar o recrutamento as pessoas que domina cada sector sobre tudo a agricultura,saude pará o desenvolvimento duravél do nosso país .
    doutor.eng.moises calenga.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *