Connect with us

Mundo

Biden com lapsos e Trump a abusar de acusações falsas. Veja os destaques do debate

Published

on

O presidente norte-americano, Joe Biden, surgiu com problemas de voz, respostas incoerentes e lapsos verbais no primeiro debate com o rival republicano Donald Trump, que, mais enérgico, abusou de afirmações falsas sobre economia, imigração ilegal e outros temas.

Joe Biden e Donald Trump abriram o seu primeiro debate presidencial de 2024 sem um aperto de mãos e foram directos para as perguntas dos moderadores da CNN, com o democrata a revelar uma voz rouca – devido a uma gripe, segundo uma fonte próxima da campanha – o que ajudou a passar desde início uma imagem fragilizada, face a um adversário confiante.

Donald Trump encadeou falsas afirmações com calma e confiança e Joe Biden, apesar de ofensivo na substância das suas respostas, mostrou-se confuso e com dificuldades de dicção em vários momentos do debate, durante o qual os rivais entraram em confronto em temas como inflação, imigração ou Ucrânia.

Ainda na primeira parte do debate, o democrata pareceu perder a linha de raciocínio, passando de uma resposta sobre política tributária para política de saúde, tendo mesmo chegado a ficar paralisado durante alguns segundos enquanto procurava a palavra certa a usar.

Por várias vezes Trump ouviu Biden com uma expressão confusa, mas raramente o tentou interromper, embora o seu microfone estivesse silenciado enquanto Biden falava.

A questão da idade dos candidatos – especialmente os 81 anos de Biden – tem estado em destaque nos últimos meses, com o actual chefe de Estado a ser alvo frequente de troça por parte do seu oponente de 78 anos.

Biden, que é o presidente em exercício mais velho da história norte-americana, tinha o desafio de demonstrar durante o debate a sua capacidade física e mental para derrotar Trump e liderar o país por mais quatro anos.

Contudo, a tarefa mostrou-se difícil, perante um Trump contido e imperturbável, mas que recorreu a afirmações falsas várias vezes ao longo do debate.

De acordo com a CNN, Trump fez cerca de 30 falsas afirmações, contra nove de Biden.