Connect with us

Especial Benguela

Benguelenses esperam melhorias no sector social em 2023

Published

on

Os cidadãos na província de Benguela, ouvidos pelo Correio da Kianda, esperam ver melhoradas, em 2023, as questões do saneamento básico, criminalidade, vias de acesso, energia eléctrica, água potável, saúde primária e materno infantil, bem como a educação.

Anderson Canjamba, estudante universitário, disse ao nosso jornal que espera ver uma cidade mais limpa no próximo ano e que as questões sociais sejam as prioridades do executivo que governa a província.

“Ainda é possível ver algum lixo pela cidade, apesar da melhoria, comparando aos anos anteriores. Espero que o governo local possa resolver a questão da criminalidade nos bairros. Estamos a nos matar, crianças a pegarem facas, armas e a criarem terrores nos bairros, almejo que essa situação possa ser combatida em 2023”, solicitou.

Por outro lado, o jovem Rafael Kandjuluka, de 27 anos, mototaxista, há 7 anos, contou-nos que é formado em Ensino Primário pelo Magistério da Catumbela, mas por falta de oportunidades, tem na moto o seu ganha pão.

“Sou formado em Ensino Primário, cá quase que não há emprego. A maioria dos jovens têm como refúgio as motos ou ser cobrador de táxi. Há sete anos que estou nesta actividade. Faço dela o meu ganha pão. Espero que em 2023 o Governo possa abrir mais concursos públicos e activar algumas empresas para os jovens terem empregos dignos”, disse.

Por seu turno, Teresa Sambo, professora universitária, disse ao nosso jornal que 2022 foi um ano desafiador, por conta dos inúmeros acontecimentos que marcaram o país e a província, em particular.

“Foi um ano desafiador, tivemos as eleições gerais e pairou em nós um clima de medo, mas graças a Deus fomos suficientemente adultos e vivemos uma verdadeira festa de democracia”.

Teresa Sambo disse ainda que “à nível de Benguela, houve inúmeras transformações. Temos o exemplo a requalificação da marginal da praia Morena, no nosso sector universitário ganhamos o pólo universitário da Catumbela, na energia ganhamos o sistema solar da Baía e do Biópio, já a terminar o ano, a reabilitação de uma das principais avenidas da província. Almejamos uma Benguela melhor em 2023”, desejou.

Colunistas