Connect with us

Justiça

Benguela: PGR ordena soltura de Cidadãos suspeitos de desvio de 30 toneladas de milho destinado a Reserva Estratégica Alimentar

Published

on

A Procuradoria Geral da República, na Província de Benguela, ordenou a soltura dos suspeitos de desvio de trinta toneladas de milho, que tinham como destino a Reserva Alimentar. São cinco cidadãos, supostamente, implicados no furto, que vão aguardar a instrução do processo em liberdade, por falta de provas.

Os implicados vão agora aguardar a instrução do processo em liberdade onde estao a ser indiciados por crime de associação criminosa e furto qualificados.

De acordo com advogado do processo, Salomão Kapu, falando a imprensa local, disse que após a coleção das provas apresentadas, a PGR entendeu por em liberdade aos visados mediante caução e o processo vai seguir aos seus termos e investigação para que se faça conexão objectiva dos factos invocado pelo SIC para se deter os verdadeiros entes que supostamente que praticaram tal desvio.

O causídico disse ainda que os seus constituintes estão a ser acusados por crime de associação criminosa e furto qualificados, sublinhando que os arguidos gozam de presunção de inocência que doravante darão a continuidade da investigação.

O advogado dos cincos cidadãos acusados, apela a necessidade de se fazer investigação antes de prenderem e não prenderem para investigar.
“que veja a superfície a verdade e deixarmos aquela máxima de que prende-se para investigar ao invés de investigar para prender”, rebateu.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *