Connect with us

Sociedade

Benguela: mais de 50 mil animais estão a transumar para províncias vizinhas

Published

on

O grito de socorro vem dos criadores de gado do município do Caimbambo, que mostram-se preocupados com a morte dos animais por causa da seca e a falta de pasto. Segundo eles, neste momento, mais de cinquenta mil animais estão a transumar para as províncias vizinhas a procura de água e pasto. A falta de vacinação também é uma das causas que tem levado a morte de muitos gados.

Segundo o coordenador dos criadores de gados do município do Caimbambo, Manuel Franco, de Janeiro até este mês, já perdeu mais de 60 cabeças de gado bovino. “Só este ano, morreram 63 vacas”. O criador disse que a crise tem se estendido para as zonas de Catengue e Caimbambo.

O responsável dos criadores de gados naquela região da província de Benguela asseguram que mais de 50 mil gados já refugiaram para as províncias vizinhas, nomeadamente Cuanza Sul e Luanda.

Manuel Franco disse ainda que no município do Caimbambo, só tem um técnico especializado em veterinária que atende perto de mais de 500 criadores de gados nesta região. O responsável sublinhou que para além da falta de técnico, o único veterinário está desprovido de meios para trabalhar.

“A direcção da veterinária apresenta uma debilidade que preocupa os próprios criadores”. A falta de transporte para deslocação para atender os serviços é um outro problema que preocupa os criadores de gados.

Colunistas