Connect with us

Sociedade

Benguela: Gabinete Provincial de Educação “acompanha” caso de agressão contra aluna

Published

on

Numa Nota de Repúdio acabada de chegar à redacção do Correio da Kianda, o Gabinete Provincial de Educação de Benguela informa que está a acompanhar o caso de agressão a uma aluna no Colégio de Benguela, tendo enviado uma equipa de trabalho para a instituição de ensino.

Esta equipa, diz a nota, já interagiu com a direcção do Colégio de Benguela e “recomendou a conclusão rápida do inquérito instaurado e o envio do relatório com as medidas a serem propostas aos órgãos de tutela”.

A direcção do Gabinete Provincial de Educação alega ter tomado conhecimento, por via das redes sociais e órgãos de comunicação social, da agressão física protagonizada por uma aluna do colégio contra a sua colega, no dia 01 de Fevereiro.

O caso acendeu o debate a nível nacional sobre violência nas escolas as quais os alunos estão sujeitos com várias personalidades manifestando-se contra o acto de agressão.

“A nossa preocupação é ainda bastante pelo facto da referida agressão ocorrer no interior de uma escola, um lugar onde se deve cultivar a cultura de paz, tolerância, harmonia e convivência na diversidade”, diz a nota repúdio.

Fonte do Correio da Kianda em Benguela, avançou-nos que a família da aluna agredida terá reagido, tendo se dirigido à casa da aluna agressora e feito “justiça com mãos próprias”.

Na nota, o Gabinete Provincial de Educação de Benguela manifesta o seu repúdio e indignação e apela aos “familiares das alunas envolvidas a manterem a calma e serenidade, enquanto decorrem as averiguações”.

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.