Connect with us

País

Benguela: “A distribuição da água na zona alta da Catumbela é o nosso calcanhar de aquiles”- afirma administradora

Published

on

Administradora municipal da Catumbela, Kátia Pereira disse hoje, ao Correio da Kianda que a distribuição da água na zona alta do município constitui o ‘calcanhar de aquiles‘ do seu executivo.

Kátia Pereira, que falava hoje ao Correio da kianda por ocasião dos 11º aniversário daquele município do litoral de Benguela, disse que a melhoria da distribuição da água potável, o acesso as localidades longínquas, saneamento básico e a questão da iluminação pública, constituem os principais desafios governativos.

“Temos reunidos com as comunidades onde temos debatido a questão da distribuição da água na zona alta da catumbela que para nós é um calcanhar de aquiles, a questão do acesso das localidades distantes estamos também com um plano de acção gizado pelo governo da província para colmatar  tal situação” disse.

Administradora admitiu ser ainda débil o sistema do saneamento básico no município, porém garantiu que tudo está a ser feito para reverter o quadro.

 “A Catumbela cresceu, a sua densidade populacional é grande, temos ainda um saneamento básico fragilizado  e tudo estamos a fazer para reverter o quadro”, afirmou.

Questionada sobre a questão da delinquência no município Kátia Pereira afirmou que nos últimos anos os delinquentes que cometem actos de na zona são oriundos de outras localidades e não residem na Catumbela.

Segundo a governante, os “jovens vindo de outras localidades vêm porque encontram espaço e escuridão para fazerem  das suas na catumbela”.  “Portanto, estamos a melhorar a questão da iluminação pública já em andamento nas localidades e sedes comunais do município para ver ultrapassado esse problema”, garantiu.

Administradora do município da Catumbela disse ainda que vê com “muita preocupação” a questão da empregabilidade dos jovens do município.

“É uma preocupação do governo local e nós como gestores públicos também”. “Fizemos em tempo o levantamento de uma  base de dados daquilo que são as necessidades da nossa juventude, fizemos um diagnóstico para sabermos de facto em que área devemos trabalhar e agir, fez-se esse  levantamento foram  perto de três mil jovens escritos, e junto ao Polo de desenvolvimento Industrial da Catumbela temos feito algumas parcerias e de igual modo temos trabalhado com os centros de formações  para capacitar os nossos jovens  a fim de dar cobro as exigências do mercado” rebateu

Kátia Pereira falou também do trabalho de apoio que Administração e o governo provincial têm prestando aos agricultores da zona.

“A catumbela sempre foi um campo fértil para a produção agrícola, desde os tempos da velha açucareira, a nossa açucareira deixou um vasto perímetro agrário e os agricultores têm usado essa terra fértil  todo o ano e graça esse potencial,  temos vindo a notar que os produtos que temos encontrado nos mercados locais e a nível da província vem do município da catumbela,  temos conversado com as associações e cooperativas que tem apresentado as suas preocupações que tem que ver com os insumos agrícolas  e dentro do possível com ajuda do governo provincial temos ajudado e ainda a dias fizemos entregas de sementes, enchadas, charruas,  infelizmente são muitos e de momento não podemos atender  todos”, frisou a governante.

Administradora fez saber que os programas constantes do PIIM a nível do seu território estão em uma execução de 98% e que até no dia 11 de Novembro deste ano estarão todos concluídos.

“Nosso PIIM está quase terminado as obras a nivel de execução física estão no auge, portanto quase a 98%  faltando apenas fazer a execução financeira final para rebatermos essa questão do PIIM a nível do munícipio da catumbela, até mais ou menos 11 de Novembro teremos tudo pronto”, afirmou.

Por ocasião de mais um aniversário do seu território,  Kátia Pereira deixou uma mensagem de felicitação a todos munícipes da Catumbela “ Deixo uma mensagem de esperança a todos munícipes , uma mensagem de unidade na diversidade o facto de sermos diferente em alguns aspectos não nos impossibilita de sermos cada vez mais unidos e trabalharmos de mãos dadas para termos uma Catumbela cada vez melhor e um lugar bom para se viver”.

Lembrar, que  Catumbela é  um  município da  província de Benguela, tendo, de acordo com o censo populacional de 2014, uma população estimada em 167. 625 habitantes.

O município é constituído pela comuna-sede, correspondente à cidade de Catumbela, e pelas comunas de Gama, Biópio e Praia Bebe.

Colunistas