Connect with us

Sociedade

Bengo: SIC destrói mais de mil quilogramas de liamba

Published

on

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) na província do Bengo destruiu recentemente, por incineração 1.676 quilogramas de cannabis sativa, “vulgo liamba”, no centro de instrução do Sassá Caria, no âmbito das comemorações do dia mundial da luta contra as drogas, assinalada no último sábado, 25 de Junho.

O chefe do Departamento do narcotráfico do SIC, inspector chefe Matias Guimarães, disse que, de 26 de junho de 2021 a 25 de junho do corrente ano, foram  registados, 130 crimes de tráfico de estupefacientes vulgo liamba,  bem como a detenção de 96 cidadãos, 34 dos quais mulheres com idades compreendidas entre os  18 e 60 anos.

O oficial avançou ainda que de Junho de 2021 à presente data foram apreendidas  1676 quilogramas e 72 gramas de cannabis sativa vulgo liamba, que no entanto foi destruído pelas forças da ordem.

O Director Provincial do Serviço de Investigação Criminal no Bengo, Subcomissário de Investigação Criminal Armando Vieira, disse que o órgão que dirige vai continuar a combater “sem tréguas”, todo tipo de crimes, incluindo o de tráfico de drogas, “uma vez que as drogas provocam várias consequências na nossa sociedade”.

Presenciaram o acto membros do conselho consultivo da Delegação do MININT, do Comando Provincial do Bengo da Polícia Nacional, oficiais, subchefes e agente do SIC e membros da sociedade civil.

Continue Reading
2 Comments

2 Comments

  1. Danguelenguendja

    29/06/2022 at 2:39 pm

    Entao sehores do SIC, nao deveriam destruir os marrimbodos? Liamba vos fez entao o que? deixem la o ouro verde em paz e trabalhem para acabar com a corrupcao por favor. A liamaba nao e’ mais considerada droga, pelomenos agora e’ considerada como medicamento. as Nacoes Unidas assim como a Organizacao Mudial de saude, ja desclassificaram a liamba como Droga, e muitos paisses daqui da Africa ja fizeram o mesmo. Porque Angola nao segue estes paises?

  2. Ahmad Al Hakim

    29/06/2022 at 3:34 pm

    Na proxima legislature, a liamba tem que sair da lista de drogas, o pacato povo deve tambem ser milionario sem necesasriamente roubarem do erario publico. Viva o Ouro verde, viva a bula, viva a liamba.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.