Connect with us

Sociedade

Bengo: Polícia detêm mais de trinta cidadãos por crime diversos

Published

on

A Polícia Nacional na província do Bento deteve entre os dias 11 à 14 de Junho,  numa micro-operações cerca de trinta e um cidadãos nacionais com idades compreendidas entre os 17 e os 64 anos de idade, por prática de crimes diversos.

 A micro-operação realizada pelo Departamento de Investigação de Ilícitos Penais,  incidiu nos bairros do  Kitonhi, Bambuca, Gé, Santana Musseque Kapari e Panguila. Os cidadãos estão a ser acusados, na prática de vários crimes com destaque, para posse ilegal de armas de fogo, sequestro de menor, roubos em residências e cantinas, furtos  e participação em motins.

Em entrevista aos órgãos de comunicação social, o intendente Paulo Miranda de Sousa, porta-voz do Comando Provincial do Bengo da Polícia Nacional, disse que dentre os detidos destacam-se, elementos que faziam parte de grupos de rixas que tiravam o sono das populações, bem como um cidadão nacional de 64 anos de idade acusado de sequestrar uma menor de 16 anos.

Segundo o oficial, o cidadão manteve o menor na sua fazenda durante trinta dias. A família participou o seu desaparecimento, logo a seguir as forças policiais encontraram a menor numa fazenda localizada no bairro do Úcua concretamente na Mussenga.

Por outro lado, as forças policiais, detiveram também, nove elementos integrantes de dois  grupos de supostos marginais denominados “União Racista com. 05 ” e 04 integrantes do grupo “Malta Chocota”, tendo reafirmado que  as operações vão continuar, sobretudo naqueles bairros onde há riscos de segurança, e a Polícia está orientada a redobrar a malha operativa das nossas forças

Na mesma operação foram apreendidas duas armas de fogo com os respectivos carregadores com quatro munições, a recuperação de duas botijas de gás, dois computador portátil, uma ventoinha, uma TV plasma, duas catanas que foram usadas durante os assaltos em várias residências.

Colunistas