Connect with us

Sociedade

Bengo: Mais de 290 crimes diversos foram registado em três meses

Published

on

Um total de 294 crimes de origem e naturezas diversas foram registados pela Polícia Nacional no município do Dande, província do Bengo, durante o terceiro trimestre do ano em curso. Deste número de crimes, 272 foram esclarecidos, garante o comandante Municipal do Dande, Nelson David Paulo.

Os dados foram avançadod na última sexta-feira, pelo comandante municipal da Polícia Nacional no Dande, Nelson David Paulo, numa entrevista à Rádio Ecclésia de Caxito.

Segundo o superintendete Nelson David Paulo, de Julho a Setembro, o Comando Municipal da Polícia no Dande registou 93 crimes contra as pessoas, 172 contra o patrimônio, 8 contra a ordem e tranquilidade públicas, 16 crimes contra a segurança colectiva e 1 contra a autoridade pública.

O oficial superior fez saber que pela prática dos referidos crimes, um total de 234 cidadãos foram detidos como presumíveis autores, sendo que a cidade de Caxito teve o maior número de ocorrências, com o registo de 108 crimes, seguido da região do Panguila com 77 crimes, Açucareira com 32, os Musseques com 22, Barra do Dande com 11 e Centralidade do Capari com 18 crimes ao longo do 3° trimestre deste ano.

Entretnto, Nelson Paulo considera a situação da criminalidade “controlada”, tendo em conta o número de crimes esclarecidos, e  mostrou-se preocupado em relação ao caso de um menor de idade, actuado em posse de uma arma de fogo do tipo pistola, no interior de uma escola e  apelou, a todos os pais e encarregados de educação a terem maior cuidado e controlo sobre os seus filhos.

“A Polícia Nacional no município sede da Provícia do Bengo realizou no mesmo  período, 53 operações policiais, que resultaram na desarticulação de sete grupos de supostos marginais e apreensão de 12 armas de fogo de tipos diversos”, sublinhou o superintendente Nelson David Paulo.