Connect with us

Politica

Bengo e Cuanza Norte ganham hospitais gerais este ano

Published

on

A ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, visitou nesta sexta-feira, 24, as obras de construção dos hospitais gerais do Bengo e do Cuanza Norte, tendo, no final, dado garantias de inauguração das infra-estruturas no terceiro trimestre deste ano.

A primeira visita que a ministra fez nesta sexta-feira foi às obras de construção do Hospital Geral do Bengo, na cidade de Caxito.

Em construção na localidade do Bucula, há cinco quilómetros da capital da província, a empreitada, avaliada em cerca de 63 milhões de dólares americanos, terá uma capacidade de internamento de 200 camas e vai albergar 15 áreas clínicas, incluindo o serviço de hemodiálise que ainda não existe no Bengo.

A Ministra, que se fazia acompanhar da Governadora Provincial do Bengo, Maria Antónia Nelumba, mostrou-se satisfeita com o andamento das obras, que “estão dentro do prazo, com um grau de execução à volta dos 55 %.

Na província do Cuanza Norte, Sílvia Lutukuta mostrou-se, igualmente, satisfeita com os trabalhos em execução, cujos níveis estão a 47%, e recomendou a empresa construtora a acelerar as obras de forma a cumprir com os prazos contratuais, para benefício da população do Cuanza Norte e das províncias circunvizinhas.

O Hospital Geral do Cuanza Norte esta ser erguido numa área total de 45.500 m2, contará com 200 camas e vai oferecer diversos serviços de especialidades médicas, como neonatologia, cuidados intensivos, ortopedia, obstetrícia, cirurgia, queimaduras, medicina interna, Otorrino, oftalmologia, medicina dentária, psiquiatria, gastrenterologia, hemodiálise, entre outros.

À Imprensa, a ministra da Saúde deu garantias de inauguração da unidade hospitalar no terceiro trimestre deste ano.

O governador provincial do Cuanza Norte, Pedro Armando Júlia, acompanhou a ministra durante a visita.

Outros projectos

Além do Bengo, Cuanza Norte, e Cuanza Sul, onde estão a ser construidas novas unidades sanitárias de níveis provinciais, a ministra sublinhou haver projectos  projectos para as províncias da Lunda Norte e Uíge, ao passo que no Zaire, o hospital local encontra-se também em construção.

“Vamos concluir o hospital do Zaire, temos projecto para Malanje, Catumbela, Bailundo, para além destes temos também hospitais materno infantis em Benguela, no Huambo e na Huíla”, disse a ministra que anunciou a inauguração de três hospitais para este ano.

“Para inauguração este ano temos três hospitais, temos o hospital do Cuanza Norte, Cuanza Sul, e este hospital do Bengo. Vamos também concluir o hospital do Zaire e no próximo ano teremos muito mais hospitais, garantiu a governante na província do Bengo.

Colunistas