Connect with us

Sociedade

Bengo: cidadãos queimam esquadra da polícia no Úcua

António Cassoma

Published

on

A Polícia Nacional deteve um grupo de seis cidadãos envolvidos na vandalização de uma esquadra policial e do destacamento do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, neste domingo, 9, na comuna do Úcua, no município do Dande, província do Bengo, partindo os vidros e ateando fogo a caserna. Quatro cidadãos e dois polícias encontram-se gravemente feridos.

De acordo com o comunicado da Delegação Provincial do Ministério do Interior no Bengo, a vandalização é resultado da detenção de um cidadão de 30 anos que agrediu a esposa, queimando os seus órgãos genitais, supostamente por razões passionais.

Em retaliação ao acto praticado pelo cidadão, um grupo de jovens manteve o acusado em cárcere privado, mas efectivos da polícia o resgataram, o que motivou a ira da população que perseguiu as forças policiais, arremessando objectos contundentes que resultaram em ferimentos graves a um dos agentes da Polícia Nacional.

Durante os confrontos entre os agentes da polícia e a população, foram efectuados disparos que atingiram acidentalmente quatro cidadãos, que prontamente foram socorridos para o Hospital Geral do Bengo, e dois efectivos do Ministério do Interior encontram-se gravemente feridos.

Entre vários meios danificados constam colchões, camas, janelas, casa de banhos, portas e outros meios de logísticas foram roubadas pela população, e como não bastasse atearam fogo ao posto policial.

Faustino Luis, pai de um dos jovens que foi baleado pela polícia durante os tumultos, em entrevista à rádio local, disse que nos últimos tempos os habitantes da comuna do Úcua “têm se comportado muito mal, ao ponto de destruírem uma esquadra”. Para o ancião, depois da destruição do posto policial advinha-se dias difíceis aos moradores desta localidade.

Em entrevista ao Correio da Kianda, o inspector-chefe director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da Delegação do MININT no Bengo, Gaspar Luis Carlos Inácio disse que a situação foi totalmente controlada, com a chegada do reforço policial que pôs fim a vandalização. Segundo o inspector-chefe, as operações de busca continuam para deterem os supostos envolvidos, para que sejam levados a barra da justiça.

A Delegação Províncial do MININT no Bengo volta a alertar a população a abster-se de actos de vandalização das instituições do Estado, pois “os que assim precederem serão detidos”.

Continue Reading
Advertisement
1 Comment

1 Comment

  1. Pingback: Angola: cidadãos queimam posto policial na Província de Bengo no Úcua  – Brasdangola Blogue

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (23)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (75)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (14)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2020 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD