Connect with us

Mercados

Barra do Kwanza acolhe feira do Agronegócio

Published

on

Arrancou nesta sexta-feira, na comuna da Barra do  Kwanza, em Luanda,  a Feira do Agronegócio da Barra do Kwanza, onde, além da exposição, vários temas Estão  ser debtidos.

A realização é da cooperativa Agro Pecuária e Pescas do Lombo (CAPPLO) em parceria com o Resort Mangais e a empresa Alvet, e tem como lema “Produzir para Desenvolver e Diversificar”.

O evento arranca esta sexta-feira, 9, e decorre até ao dia 11 do mês em curso, com os stands de venda já todos ocupados e estão inscritos mais de 120 expositores de diversos sectores.

No certame, os expositores, exibem o que possuem e efectuam trocas comerciais, desde os grandes aos pequenos produtores.

Fazem parte desta actividade, empresas ligadas ao sector da agricultura, pecuária, tecnologias, comércio, indústria, seguros, banca, restauração, prestação de serviços, entre outros.

O objectivo da feira de negócios, de acordo com a organização, é demonstrar ao público em geral as potencialidades dos criadores de animais do país, fomento ao cooperativismo, proporcionando um ambiente privilegiado em que os diversos actores da cadeia do agronegócio possam interagir de forma directa.

Todavia, a feira assume um carácter internacional, dado que reúne empresários de diversos países provenientes de Portugal, África do Sul, Namíbia, Zimbábue, Botsuana, Brasil, assim como, expositores nacionais, oriundos das províncias de Luanda, Huíla, Cunene, Benguela Cuanza Sul e Bengo.

Temas das mesas redonadas

O primeiro tema junta o veterinário José Morais Cordeio, o nutricionista Aldo Neto e o engenheiro agrónomo Edgar Dombolo, para a mesa redonda sobre nutrição animal e a Importância da ureia na alimentação animal, esta tarde.

Para este sábado, 10, a feira reserva, para as 10h30, a Mesa Redonda sobre a importância da contabilidade e fiscalidade, nas fazendas e cooperativas, com a contabilista Rosa Cruz, o fiscalista Alberto Ferreirinha, ainda Kátia Lima da SAMALI, LDA, e Carlos Paiva, da CAPPLO.

As 11 horas terá a mesa Redonda de Agronegócios sobre produção animal e vai juntar à mesma mesa, especialistas de várias cooperativas e fazendas presentes na feira.

No período da tarde, entre às 15h e às 17 h, duas outras mesas redondas terão lugar. Uma sobre a suinocultura e outra sobre o cooperativismo, onde estarão especialistas saídos das províncias de Benguela e Bié, com destaque para o Presidente da Federação Pecuária de Angola.

Colunistas