Connect with us

Economia

“Bancos têm disponibilidade financeira, maior procura deve-se a quadra festiva”, diz gestora

Published

on

Os clientes de bancos mostram-se agastados com a falta de dinheiro nos balcões e nos ATMs. Junta-se a isso, as longas filas que se tem de suportar para ver a cor do dinheiro.

“Esta situação é frequente ao longo do ano, mas agrava-se nesta época natalícia”, disse, um cidadão que preferiu falar sob anonimato. Preocupados, os clientes dos bancos pedem aos órgãos competentes a pôr cobro a situação.

Em resposta às preocupações apresentadas, uma subgerente de um banco na região de Viana, capital do país, disse em exclusivo à Rádio Correio da Kianda que a fase é muito exigente por ser a época do pagamento dos salários e do décimo terceiro (13°), ou seja, subsidio de Natal.

“Hoje, por exemplo, nós fizemos o carregamento dos ATMs às 08 horas, até agora, 11 horas já acabou, por causa da procura. Sobretudo em bancos que estão numa zona translacional e comercial onde o movimento financeiro é maior”.

A nossa interlocutora disse, por outro lado, que nesses casos, temo estado a aconselhar os clientes para irem noutros ATMs próximos, “que é o caso do desvio do Zango ou ao Viana Park”, orientou.

Jornalista multimédia com quase 15 anos de carreira, como repórter, locutor e editor, tratando matérias de índole socioeconómico, cultural e político é o único jornalista angolano eleito entre os 100 “Heróis da Informação” do mundo, pela organização Repórteres Sem Fronteira. Licenciado em Direito, na especialidade Jurídico-Forense, foi ainda editor-chefe e Director Geral da Rádio Despertar.