Connect with us

Economia

Banco Angolano cria seguro de apoio a funeral

Novos produtos financeiros, entre os quais um seguro de apoio a funeral, foram apresentados ao público por seguradoras ligadas aos bancos comerciais na Feira Internacional de Luanda (Filda), que decorreu, até sábado, na Zona Económica Especial (ZEE) Luanda-Bengo, em Viana, Luanda.

Redação

Published

on

banco angolano cria seguro de apoio a funeral - CEMITERIO SANTANA - Banco Angolano cria seguro de apoio a funeral

Na Filda estiveram, no total, 13 bancos comerciais, que, nos cinco dias da exposição, colocaram à disposição dos visitantes vários serviços, desde a abertura de contas à emissão e entrega de cartões multicaixa na hora.

O serviço que não esteve disponível nos balcões dos 13 bancos comerciais foi o de levantamento de dinheiro, um problema que ficou resolvido com a instalação de 12 caixas automáticas. Não houve qualquer problema de levantamento de dinheiro nem filas. Visitantes contactados ficaram impressionados com a organização da actividade bancária na 35ª edição da Feira Internacional de Luanda.

O Banco Millennium Atlântico, o mais procurado pelos visitantes, apresentou novos produtos, além dos já conhecidos. Criou três seguros (acidentes escolares, acidentes domésticos e de apoio a funeral), o último dos quais disponível desde há seis meses.

O valor inicial, para a cobertura do seguro de apoio a funeral é de um milhão e meio de kwanzas. Anualmente, o cliente faz um pagamento de 25 mil kwanzas.

Quem quiser aderir ao seguro de acidente doméstico tem de entrar com 2 700 kwanzas. O Millennium Atlântico criou o seguro a pensar nas empregadas domésticas que, durante a actividade, podem ser vítimas de acidente doméstico. O seguro cobre qualquer tipo de acidente doméstico, informou um funcionário do Millennium Atlântico, que pre- feriu não ser identificado.

O seguro de acidente escolar cobre qualquer risco decorrente de um acidente, podendo ser, por exemplo, a destruição de uma carteira ou janela por um aluno segurado.

O Banco Sol apresentou na Filda o seu mais recente produto, denominado “SolViagens”, por via do qual a instituição trata de todo o processo de viagem, desde a compra do bilhete de passagem, obtenção do visto de entrada à reserva e pagamento do hotel.

Os pacotes de viagem variam de acordo com a época do ano. Por exemplo, uma família de quatro pessoas, para uma estada de uma semana no exterior do país, pode desembolsar 800 mil kwanzas, dinheiro que entra para os cofres do banco por tratar do processo de viagem familiar.

O Banco de Poupança e Crédito (BPC) vai, a partir do próximo mês, colocar à disposição dos reformados o crédito “BPC Pensionista”. O pensionista interessado em aderir ao crédito recebe, sempre que o solicitar, um valor correspondente a 80 por cento da sua reforma, podendo amortizar a dívida em seis meses.

 

C/ Jornal de Angola

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (16)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (18)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (71)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (11)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação