Connect with us

Sociedade

Autorizada demolição do Lote 1 do Prenda e outros três edifícios em Luanda

Published

on

Foi autorizada a demolição de quatro edifícios na província de Luanda, dentre os quais, o lote 1 dos prédios do Prenda, evacuado e interdito em Abril deste ano, para se impedir a circulação de pessoas no interior e nos arredores.

Serão igualmente demolidos, a um custo total de oito milhões de dólares, um imóvel na Rua Amílcar Cabral, onde funcionou a livraria Mirui, que ruiu em Março passado, e os edifícios 80, 82 e 84, na Rua Comandante Valódia, na capital angolana.

O Despacho Presidencial n.º 255/23, de 25 de Outubro, justifica a demolição dos referidos edifícios devido ao estado de degradação avançada, “preservando o bem vida e garantir condições dignas de habitabilidade”.

No mesmo despacho, o Presidente da República autoriza a construção de um novo edifício Lote 1 do Prenda, num custo de 20 milhões de dólares norte-americanos.

De ressaltar, que alguns moradores do referido edifício foram realojados na urbanização Mayé Mayé, na centralidade do Sequele, em Cacuaco.