Connect with us

Sociedade

Autoridades alertam para a existência de mais de mil pessoas desnutridas na Humpata

Published

on

O director municipal da Saúde, Alberto Luís Bembe, informou, na sexta-feira, que cerca de 1.485 pessoas foram diagnosticadas com má nutrição, durante o segundo trimestre deste ano, no município da Humpata, província da Huíla.

Alberto Luís Bembe referiu que os dados representam um aumento de 1.023 casos, se comparados aos 462 registados em igual período anterior, “apesar de em todas as localidades se detectarem registos da doença, por causa da fome, uma das consequências da seca prolongada”, disse. Bata-Bata, Caholo e Palanca são as localidades que têm o maior número de casos de má nutrição, principalmente em crianças.

Para constatar a situação, o secretário de Estado para Saúde Pública, Franco Mufinda, deslocou-se, quinta-feira, à Humpata, onde garantiu que as crianças desnutridas já estão a beneficiar de assistência adequada.

“Estamos a desparasitar as crianças em condições de má nutrição e prevenir a cegueira, com a administração da vitamina A”, disse o secretário de Estado, que entregou suplementos nutricionais e medicamento diverso.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (6)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (25)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (88)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (21)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2021 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD