Connect with us

Politica

Augusto Tomás em quarentena domiciliar devido à covid-19 ⠀

Published

on

O ex-ministro dos Transportes, Augusto Tomás, condenado a 14 anos de prisão, encontra-se provisoriamente em quarentena, em casa, por testar positivo à covid-19, informou a rádio Ecclesia, citando que o pedido terá sido feito pelos seus advogados.

Ainda de acordo com a emissora, o estado de saúde do antigo ministro é estável.

O ex-ministro dos Transportes, Augusto Tomás, foi julgado no caso Conselho Nacional de Carregadores (CNC) pelo Tribunal Supremo, que envolveu o ex-director-geral do Conselho Nacional de Carregadores (CNC), Manuel António Paulo, e os antigos directores-adjuntos Isabel Bragança, condenada a 12 anos, Rui Manuel Moita a 10 anos e Eurico Pereira da Silva a dois anos de cadeia.

Sobre os réus, que são acusados dos crimes de peculato, associação criminosa, branqueamento de capitais, de abuso de poder, de compulsão, de participação económica em negócio, de recebimento indevido de valores e de violação das normas do plano de execução de orçamento, recai ainda a acusação de se terem apropriado de 507.000.344 dólares e 3.444.466 euros.