Segundo a chefe de secção do banco de urgência de cirurgia e ortopedia do Hospital Provincial do Uíge, Maquela Ferraz, 14 dos 25 feridos já tiveram alta, mas os restantes, com fraturas diversas e traumatismos cranianos, encontram-se a receber assistência médica.

A responsável, citada pela agência noticiosa angolana, Angop, explicou que o grupo, que tinha assistido ao espetáculo, que marcou o fim das festas do 101.º aniversário da fundação da cidade do Uíge, foi surpreendido por uma viatura em alta velocidade, supondo-se que o condutor se encontrava sob efeito de álcool.