Connect with us

Mundo

Ataque de grupo ligado ao Estado Islâmico deixa onze mortos no nordeste da RDC

Published

on

Cerca de onze pessoas morreram, no nordeste da República Democrática do Congo, em consequência de um ataque terrorista perpetrado pelo grupo rebelde ugandês Forças Democráticas Aliadas, com ligações ao Estado Islâmico.

Em declarações à imprensa local, nesta segunda-feira, 13, o coordenador do Centro de Investigação dos Direitos Humanos e do Direito Humanitário, Christophe Munyanderu, disse que os atacantes, supostamente pertencentes ao grupo rebelde ADF, mataram onze civis, por volta das 19 horas locais em Ndimo, na província de Ituri.

Segundo o presidente da sociedade civil, as vítimas foram baleadas e mortas com catanas.

O ataque dos rebeldes em Ndimo seguiu-se a uma visita do administrador de Irumu a várias aldeias da região, e Munyanderu acredita que o ataque fez parte de uma sabotagem contra ele.

Desde 1998, o leste da RDC é alvo de conflitos alimentados por milícias rebeldes e pelo exército, apesar da presença da missão da ONU no país.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *