Connect with us

Sociedade

Associação dos taxistas suspende greve prevista para próxima semana

Manuel Camalata

Published

on

O presidente da ANATA, Francisco Paciência, disse nesta quinta-feira, 25, que a intenção de paralisação dos trabalhos de transporte de passageiros, inicialmente anunciado para a próxima semana, fica por enquanto suspensa, pelo facto de estarem a ser respondidas as preocupações apresentadas ao Governo Provincial de Luanda. A greve dos taxistas associados a ANATA, estava prevista para os dias 1,2 e 3 de Março.

Francisco Paciência falava à imprensa ontem, durante a visita de campo que em conjunto com membros do Governo Provincial de Luanda efectuam às principais ruas e praças de táxis da capital do país.

Da lista de reivindicações dos taxistas constam o reconhecimento da actividade de serviço de táxi como uma profissão, o acesso à segurança social, o aumento da capacidade de lotação, reduzida no contexto das regras impostas pela covid-19, as constantes interpelações pelos agentes reguladores de trânsito afectos à Polícia Nacional, bem como a reabilitação das principais ruas e praças de táxi.

Exigências que o governo começou a atender, pois, segundo o presidente da ANATA, algumas dessas reclamações “foram dadas como resolvidas” pelo governo provincial.

O vice-presidente interino para intervenção, da Comissão Administrativa da Cidade de Luanda, Helder Cruz, que esteve nesta quinta-feira a chefiar a delegação do Governo Provincial de Luanda, na visita de constatação à via de serviço da avenida Deolinda Rodrigues, na zona dos Congolenses, prometeu para esta sexta-feira, 26, o início da reabilitação paliativa da via, tendo dito que para a empreitada, uma empresa privada decidiu oferecer o serviço no âmbito da sua responsabilidade social.

Questionados sobre as outras obras da província, Edson Cruz disse que para os demais troços, de Luanda reclamados pelos taxistas, a solução está enquadrada nos diversos projectos do GPL de reabilitação de vias, sendo o PIIM um desses projectos.

O presidente da Associação Nacional dos Taxistas, Francisco Paciência, considerou as promessas um alívio para os homens do volante por estar a constatar a vontade do governo provincial em atender as preocupações dos seus associados.

Entretanto, caso neste final de semana não se verifique a conclusão das obras paliativas, Francisco Paciência adianta que poderá ser anunciada outra data para a paralisação do serviço de táxi nas ruas de Luanda.

A delegação da Associação Nacional dos Taxistas, trabalhou na manhã desta quinta-feira na zona dos Congolenses, ao distrito Urbano do Rangel, à tarde, na praça de táxi do Bairro Operário, no São Paulo, e à noite no município do Cazenga, onde reuniu com os associados daquele município a explicar as negociações em curso com o GPL, ao passo que nesta sexta-feira trabalha no município do Viana.

Governo suspende Operação Stop e montagem de barreiras na via pública

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (23)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (86)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (17)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2021 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD