Connect with us

Angola que dá certo

Associação de empregabilidade engajada na formação profissional de cidadãos angolanos

Published

on

Mais de 50 jovens de diversos estratos sociais na província de Luanda beneficiaram na semana finda de uma formação artesanal de doces e quitutes, com o propósito de criar pequenos negócios, no âmbito do programa de fomento do auto-emprego.

A acção formativa, que é de iniciativa dos jovens pertencentes a Associação de Empregabilidade Juvenil (APEJ), no âmbito do apelo feito recentemente pelo Titular do Poder executivo na província do Bengo, visa, sobretudo, de acordo com a coordenadora da acima referida associação, Carla Torrão, promover a inclusão produtiva, dirigida a pessoas sem condições financeiras, sobretudo as que vivem em condição de vulnerabilidade, sendo beneficiários, não apenas homens, mas também, mulheres com necessidades especiais, e membros da Associação Angolana de Direitos e Inclusão das Mulheres com Deficiência.

“O objectivo é incluir e gerar auto-emprego para mulheres”, fez saber, Carla Torrão, coordenadora da APEJ em Luanda, enquanto que Benvindo André, presidente e promotor do projecto filantrópico denominado Associação de Empregabilidade Juvenil, sublinhou a necessidade de se acatar as orientações do Presidente da República, numa altura em que os desafios passam sobretudo pela formação de mais quadros nacionais.

No sentido de se investir mais no capital humano, sobretudo no cumprimento dos compromissos assumidos pelo Presidente da República, no seu programa de governação, Benvindo André, Presidente da “APEJ” durante o acto de formação, pediu aos beneficiários entrega e empenho, para que o conhecimento dado se reflita naquilo que a posterior poderá se aplicar.

Benvindo André o Presidente da APEJ disse que “chegou momento de acalentar a juventude, saindo da prática para teoria”

“A prática chegou, e daqui em diante só será trabalhar, trabalhar para que gesto como este se multipliquem em todo País, com vista a cumprirmos aquilo que tem sido as orientações nos mais alto chefe do país, que é o nosso Presidente da República, que não é mais senão, ajudar-mos a formar os nossos irmãos Angolanos, para que se auto-empreguem”, sublinhou.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Daniel Sapateiro
Daniel Sapateiro (13)

Economista e Docente Universitário

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (25)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (21)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (88)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (21)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

© 2017 - 2021 Todos os direitos reservados a Correio Kianda. | Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.
Ficha Técnica - Estatuto Editorial RGPD