Connect with us

Sociedade

Assalto milionário na Via Expressa “obriga” Polícia a colocar a PIR no terreno

Published

on

A Polícia Nacional viu-se “obrigada”, nos últimos dias, a colocar a Polícia de Intervenção Rápida em vários pontos de Luanda, com destaque para avenida Fidel de Castro, onde na última semana ocorreu um assalto milionário a uma carrinha de valores.

Face a onda de assaltos a mão armada, desde segunda-feira que automobilistas que circulam na Via Expressa têm sido alvos de revistas por parte dos agentes da Polícia de Intervenção Rápida, incluindo passageiros no interior de viaturas de táxi.

Segundo apurou o Correio da Kianda junto da Polícia em Luanda, um contingente Policial com mais de três mil efectivos foi mobilizado com o propósito de combater os crimes violentos que nos últimos dias luanda tem vindo a registar.

Apurou ainda o Correio da Kianda junto do SIC, que três suspeitos, entre os dez indivíduos que assaltaram a carrinha de valores na semana finda na avenida Fidel de Castro, culminando com a morte de um dos segurança, já foram identificados.

Os assaltos a empresários e empresas, tem sido recorrente nos últimos em Luanda, com realce para os municípios de Viana e Cacuaco, onde as queixas por falta de uma resposta eficaz por parte da Polícia, á muito, que tem sido posto em causa.