Conecte-se agora

A voz do Cidadão

As contribuições inflamáveis da sociedade civil são bem-vindas, mas não tem influência no congresso da UNITA – António Dembo

Redação

Publicados

on

as contribuições inflamáveis da sociedade civil são bem-vindas, mas não tem influência no congresso da unita - antónio dembo - UNITA militantes - As contribuições inflamáveis da sociedade civil são bem-vindas, mas não tem influência no congresso da UNITA – António Dembo

“NÃO HÁ ÁGUAS AGITADAS NA UNITA E NEM SUPOSTOS CANDIDATOS BONS PARA A PRESIDÊNCIA DA UNITA COMO DIZEM”

Isaías Samakuva é o Presidente da UNITA e todos sabemos que reúne requisitos necessários e nada o impede de concorrer a sua própria sucessão I.

A UNITA convocou seu XIII Congresso a realizar-se na primeira quinzena do mês de Novembro com agenda a marcar para os dias 13 à 15, e a ter no dia 16 de Outubro um único Presidente eleito.

Até a efectivação do Congresso os Estatutos da UNITA conferem toda legitimidade, autonomia e poder ao Isaías Samakuva para até 48 horas antes do inicio das campanhas, isto é nos dias 01 a 03 de Novembro.

Desde a convocação desta assembleia (XIII Congresso), surgem rumores que sem nexo são manifestações contra a permanência ou não do actual Presidente, colocando em causa os pressupostos legais que vinculam de forma democrática, livre e autónoma. Ora a preocupação era se vai ou não realizar-se o Congresso, agora questiona-se, se o Presidente vai ou não recandidatar-se a sua própria sucessão. Foi notório o clima de varias opiniões que desencorajam a possível recandidatura de Isaías Samakuva, mas de salientar que as mesmas opiniões só olham pela menina bonita que é hoje UNITA, não trazem em anexo um estudo profundo por ex; da estabilidade interna, coesão, o crescimento brutal em massas de milhares de angolanos que engraçam as fileiras da UNITA sem fazer uma repercussão do que é a UNITA hoje de forma honesta, desapaixonada e com responsabilidades.

O clima de sabotagem a figura do Presidente da UNITA que vem sendo difundidos por algumas Mídias sociais e Sites de Noticias são influenciadas por indivíduos com pretensões de candidatar-se a possível sucessão de Samakuva, mas, também por parte de alguns fazedores de opinião da sociedade civil com interesses associadas que procuram fazer manchete sem justificativas do que é, seria ou será o melhor para a UNITA e para o país sem olhar de forma serena onde esteve a UNITA como vai, e onde está hoje a UNITA!?

As contribuições inflamáveis da sociedade civil são bem-vindas, mas não influenciam o congresso da UNITA, e para se ser Presidente da UNITA obedece a alguns critérios que muitos tentam ignorar e aqui faço esforço de esclarecer seis deles cumprindo meu dever de militante;             OBEDECENDO AO QUE ESTÁ PLASMADO NOS ESTATUTOS DA UNITA APROVADOS PELO XII CONGRESSO DE DEZEMBRO DE 2015 E NO REGULAMENTO INTERNO, QUE PODEM SER ENCONTRADOS NO SITE: WWW.UNITAANGOLA.ORG e EM QUALQUER INSTITUIÇÃO DE MASSAS DO PARTIDO.

            Requisitos mínimos;

  • NACIONALIDADE ÚNICA (Nacionalidade angolana originária).
  • Ter antiguidade, militância irrepreensível e prática identificada com a linha política do Partido;
  • ANOS DE MILITÂNCIA (Ter o mínimo de 15 anos de militância consequente e irrepreensível);
  • Ter autoridade política e moral (Não ser corrupto e imoral ou falso moralista)
  • Ter boa conduta política, moral e cívica comprovada;
  • Ser aceite pelas bases do Partido;

EIS OS REQUISITOS PARA SE SER CANDIDATO À PRESIDÊNCIA DA UNITA E AO CONVENCER OS DELEGADOS TOMA POSSE COMO PRESIDENTE. NB; OS ESTATUTOS DO PARTIDO NÃO LIMITAM O NÚMERO DE CANDIDATURAS TÃO POUCO LIMITAM O MANDATO DO PRESIDENTE.

Na base desta pequena escala poderemos encontrar e apurar os que podem ser aptos a concorrer à liderança do partido.

Trouxe este debate para ajudar-nos a evitar debates vago incluindo nome de Isaías Samakuva de forma banal como se perde-se o estatuto de concorrer ou ser Presidente da UNITA. Até ao momento eu não sei se o actual Presidente vai ou não concorrer, o que estamos a defender é que tem um perfil de ser, continuar e recandidatar-se, fez um trabalho razoável, bom ou excelente? Você decide, o discurso do partido mais estável de Angola é a UNITA surge de facto ou o Samakuva faz da UNITA um partido estável mesmo? Você decide, Presidente Isaías Samakuva faz e bem o seu trabalho porque o resultado das Eleições Gerais não dependeu unanimemente Dele, o resultado dos Palancas Negras não dependeu do treinador só.

O partido é um motor, e todos os componentes têm um papel a desempenhar.

 

Continue Lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Publicidade

Colunistas

Ana Margoso
Ana Margoso (14)

Jornalista

António Sacuvaia
António Sacuvaia (268)

Editor

Diavita Alexandre Jorge
Diavita Alexandre Jorge (12)

Politologo

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (16)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (17)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (65)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (7)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação