Connect with us

Lifestyle

Arte e muita ginga marcam Carnaval em Luanda

Published

on

Os grupos carnavalescos da categoria B (adultos) mostraram este domingo, em Luanda, no segundo dia da festa das multidões, na Marginal da Praia do Bispo, arte e muita ginga no desfile competitivo, com o objectivo de ascender à classe A.

Ao ritmo do semba, numa tarde sem sol, boa para dançar o Carnaval, o desfile fez descer à Nova Marginal grupos de várias geografias da capital do país, com a finalidade de conquistar os primeiros cinco lugares para a próxima edição estarem entre os crónicos candidatos da Classe A.

O desfile foi aberto com a exibição do União Jovens do Cassequel do Imbondeiro, do Distrito Urbano da Maianga, que levou à Marginal uma bailarina dos Estados Unidos da América (EUA), que viveu intensamente as emoções do Entrudo de Luanda.

Com a alegria e vibração dos foliões, os grupos mostraram que não existe rivalidades entre as agremiações, por se tratar de um ambiente de festa, onde o grande vencedor é o Carnaval de Luanda, que já conquistou a sua própria identidade no mundo, particularmente em África.

Formado em radiojornalismo, com passagem por órgãos de comunicação social públicos e privados. Possui formação internacional em Comunicação e Multimedia. Estudante do curso superior de Gestão/Comunicação e Marketing.

Colunistas