Connect with us

Sociedade

Arranca julgamento de cidadãos que tentaram extorquir antigo ministro dos Transportes

Published

on

Teve início nesta quinta-feira, 07, no Tribunal Provincial de Luanda, o julgamento de dois cidadãos acusados de tentarem extorquir o antigo ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, em troca da sua liberdade.

Os envolvidos são Silvano António Manuel, funcionário do Tribunal Supremo e Augusto Trindade Bembele, primo de Augusto Tomás e director do seu gabinete, quando exercia as funções de ministro dos Transportes.

O valor proposto para que supostamente o antigo ministro dos Transportes estivesse definitivamente livre é de três mil milhões e 500 mil kwanzas.

Referir que Silvano Manuel, acumulava, em comissão de serviço, as funções de responsável da área do património do Conselho Superior da Magistratura Judicial e integrante da cápsula de segurança pessoal do conselheiro presidente do mesmo conselho, Joel Leonardo.

Tendo aproveitado-se da oportunidade de trabalhar no tribunal, tomou conhecimento da possibilidade de concessão de liberdade condicional em benefício de Augusto da Silva Tomás, na qualidade de arguido, no processo que tramitava na 3ª Secção da Câmara Criminal do Tribunal Supremo.

Colunistas