Connect with us

Sociedade

Arranca hoje a semana social da Mosaico

Published

on

Arranca hoje, em Luanda, VII Semana Social, que neste ano tem as abordagens centradas na “Participação Local, Mudança Global”, numa promoção do Mosaiko |Instituto para a Cidadania em parceria com a Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST), no edifício Michael Kennedy, no Largo das Escolas.

A escolha do tema “Participação Local, Mudança Global” foi motivada, de acordo com a organização, pelo convite do Papa Francisco à Igreja para uma reflexão profunda sobre a participação de todos e todas, em especial dos Leigos, tendo convocado para o efeito, o sínodo cujo lema é por uma Igreja sinodal, comunhão, participação e missão.

O tema justifica-se até pelos exemplos com resultados comprovados noutros países onde a inclusão de todas e todos nas tomadas de decisões que determinam o presente e o futuro com efeito imediato no desenvolvimento social e económico.

No contexto de Angola, a organização considera urgente envolver os cidadãos e cidadãs na discussão sobre a prática e o entendimento de participação, na identificação dos entraves à participação e desafiar os cidadãos e cidadãs a projectar em conjunto, um futuro inclusivo, pensado e construído por todas e todos.

Durante a VII edição da Semana Social será inevitável o debate sobre a urgência da realização das autarquias locais, o efeito devastador da militância cega sobre o desenvolvimento económico e social, o fecho sistemático dos espaços públicos de participação e a contradição flagrante entre a acção governativa e os acordos, convenções internacionais e a Constituição da República de Angola que é importante relembrar que ainda garantem direitos e liberdades aos cidadãos e cidadãs deste país.

Durante os três dias de debates, o programa reserva espaço para os questionamentos sobre a prática e as estruturas eclesiais e sociais que excluem e impedem uma participação reconhecida, sobretudo das mulheres. Nesta VII edição da Semana Social, os fundamentos teológicos serão reflectidos e desafiados pelas visões e vivências que recolocam os mais vulneráveis e oprimidos como alvo de trabalho e de transformação social.

“E tal como a primeira Semana Social, em 1999, para esta VII edição foram convocados governantes, cidadãos e cidadãs dos mais variados quadrantes e condições sociais e culturais, comunidades, minorias étnicas, pessoas com deficiência, crianças, idosos”, lê-se na nota enviada ao Correio da Kianda, justificando que “todos e todas são importantes que o futuro seja idealizado e determinado pelo sentir de cada cidadã e cidadão deste país”.

O Que é a Semana Social?

A Semana Social é um espaço de estudo, reflexão e debate aberto sobre um tema de interesse para a Sociedade. Realiza-se quadrienalmente, desde 1999, é uma iniciativa da Conferência Episcopal de Angola e São Tomé (CEAST), organizada pelo Mosaiko Instituto para a Cidadania. E para promover o diálogo inclusivo, reúne convidados nacionais e internacionais de diferentes sectores sociais.

Temas anteriores:
1999 – Educação para uma cultura de paz 2003 – O Cidadão e a política 2011 – Democracia e participação 2015 – Igualdade de oportunidades 2019 – Desenvolvimento sustentável

Colunistas