Connect with us

Sociedade

Arranca amanhã julgamento de alta patente da Polícia acusado de falsificação de moeda

Published

on

Começa esta terça-feira, 20, o julgamento pela câmara criminal do Tribunal Supremo, do sub-comissário da Polícia Nacional, Domingos Miguel Adão Francisco, que foi segundo comandante provincial da polícia no Bengo, até 2019.

Os três arguidos, um solto, e dois detidos deste 2022, são acusados pelo Ministério Público dos crimes de passagem, colocação e circulação de moeda falsa ou falsificada.

A primeira audiência acontece na sala de julgamentos do Tribunal Supremo, presidida pelo venerando juiz conselheiro, Daniel Modesto, em que o MP fará a leitura da acusação que pesa sobre este oficial comissário.

O sub-comissário Domingos Miguel Adão Francisco foi 2º comandante provincial do Bengo da Polícia Nacional, durante alguns anos, e foi exonerado do cargo pelo Presidente da República e comandante-em-chefe das Forças Armadas Angolanas João Lourenço, em 2019.

Para este ano, o porta-voz da corte suprema, Leandro Lopes, assegurou que o TS tem em agenda vários julgamentos de pessoas politicamente expostas.