Connect with us

Mundo

Arcebispo de São Salvador pede desculpas por abusos sexuais de há 25 anos

Redação

Published

on

arcebispo de são salvador pede desculpas por abusos sexuais de há 25 anos - BISPO - Arcebispo de São Salvador pede desculpas por abusos sexuais de há 25 anos

O arcebispo de São Salvador, a mais importante figura da Igreja Católica em El Salvador, pediu desculpa no domingo por alegados abusos sexuais de um padre a um menor não identificado, há 25 anos.

“Nós pedimos desculpa à vítima e agora faço-o novamente de forma pública, e também pedimos perdão à comunidade pelo escândalo que isto causou”, disse o arcebispo Jose Luís Escobar Alas, em conferência de imprensa, após a celebração da missa.

“Ao mesmo tempo rezamos pela vítima e também pelo padre”, acrescentou.

A vítima foi ouvida pela Comissão de Proteção de Menores da Arquidiocese, que, de acordo com Jose Luís Escobar Alas, entendeu que as acusações tinham fundamento e decidiu, por isso, dar início aos devidos processos canónicos.

Acrescentou que o padre, identificado como Leopoldo Sosa Tolentino, foi suspenso.

Em 2016, a igreja condenou três padres salvadorenhos depois destes terem sido considerados culpados de abusar sexualmente de crianças.

Já neste ano houve outro padre condenado na sequência de um processo canónico em que o sacerdote assumiu a culpa, sendo que este foi igualmente condenado num tribunal civil e sentenciado a 16 anos de prisão.

Os escândalos de abusos sexuais vieram a público quando o arcebispo de São Salvador demitiu, em 2015, um padre acusado de violar uma rapariga durante quase uma década.

 

 

C/ LUSA

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Advertisement

Colunistas

Ladislau Neves Francisco
Ladislau Neves Francisco (16)

Politólogo - Comunicólogo - Msc. Finanças

Olivio N'kilumbo
Olivio N'kilumbo (18)

Politólogo

Vasco da Gama
Vasco da Gama (71)

Jornalista

Walter Ferreira
Walter Ferreira (11)

Coordenador da Plataforma Juvenil para a Cidadania

Publicação