Connect with us

Cultura

APROCIMA exibe 30 filmes na Huíla para dar visibilidade ao cinema nacional

Published

on

Os municípios de Lubango, Chibia e Humpata, na província da Huíla, vão acolher, a partir deste Domingo, 11, a segunda semana de exposição de filmes angolanos realizados pela Associação Angolana dos Profissionais de Cinema e Audiovisuais (APROCIMA) e termina a 18 de Dezembro de 2022.

O coordenador do núcleo provincial da APROCIMA na Huíla, Delfino Ndalila, em declarações a Angop, afirmou que serão exibidos 30 filmes nacionais para dar visibilidade ao cinema nacional.

Este é a segunda exposição desde a nomeação dos membros da associação na província, depois de a primeira edição ter decorrido de 31 de Outubro a 6 de Novembro do corrente ano.

Delfino Ndalila disse que desses filmes, três foram produzidos localmente, por realizadores, actores e produtores huilanos, nomeadamente “A Decepção de Cristina”, “Olaya”, “Antónios” e a curta-metragem “Luxo no Lixo”, que é um filme da produtora Elveide.

Das produções nacionais a serem exibidos Delfino Ndalila, destaca o filme “Chanduka”, com as participações dos actores Érica Chissapa, Raul de Rosário, Carlos de Carvalho e Leandro Muhongo.

Para o coordenador, a actividade serve para ampliar conhecimentos, desvendar universos, pois através de um filme, o ser humano passa a conhecer outros continentes, contribuindo desta forma para a formação intelectual do homem e provocar mudanças culturais, políticos e sociais.

A APROCIMA foi criada em Luanda, pelo produtor Óscar Gil, em 16 de Agosto de 2014, visando a defesa dos interesses da classe. Nesta altura está apenas representada em duas províncias do país, Luanda e Huíla.