Connect with us

Politica

“Apoiar o combate à corrupção e colaborar para o seu êxito não é uma opção, é uma obrigação patriótica” afirma Adão de Almeida

Published

on

O ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida, afirmou hoje, que o combate à Corrupção, principal bandeira do Governo de João Lourenço, “não é uma opção, é uma obrigação patriótica” de cada angolano. Adão de Almeida que falava nesta quarta-feira, na conferência sobre recuperação de Activo, que decorreu em Luanda.

O governante começou por dizer que são visiveis as acções do executivo, no combate à corrupção, tendo destacado que O combate à corrupção é um dos principais desafios do governo angolano, pelo que acabou-se com sentimento de impunidade, a melhoria da qualidade da despesa pública e o aumento do rigor na gestão da coisa pública

“Cada etapa da nossa história é singular, cada época tem as suas particularidades e desafios. O combate à corrupção é um dos principais desafios do nosso tempo. Apoiar o combate à corrupção e colaborar para o seu êxito não é uma opção, é uma obrigação patriótica de cada um de nós. A luta contra a corrupção deve ser de todos!”, disse.

actualizando…