Connect with us

Eleições 2022

APN apresenta programa de governação para 2022-2027 aos líderes religiosos e sociedade civil da Huíla

Published

on

No último dia de caça ao voto para as eleições gerais desta quarta-feira, 24 de Agosto, o partido político Aliança Patriótica Nacional (APN) apresentou nesta segunda-feira, o seu programa de governação para o quinquénio 2022/2027, bem como o respectivo manifesto eleitoral aos líderes religiosos e membros da sociedade civil da província da Huíla.

Quintino Moreira, candidato e presidente da APN, assegurou que caso seu partido vença as Eleições Gerais de 24 de Agosto, vai trabalhar com a sociedade civil organizada, em particular com as igrejas.

O líderes político reiterou ainda a sua intenção de financiar de mais de 50 milhões de kwanzas para aposta na agricultura familiar e potênciar a economia do país.

Quintino Moreira explicou que aos participantes ao encontro que o seu partido está preparado para os desafios eleitorais, por isso, foram credenciados e formados mais de 25 mil delegados de listas para o controlo e fiscalização de votos.

O político mostrou-se confiante no “bom resultado” e acrescentou que o governo da APN será de proximidade com os cidadãos.
“Temos confiança que teremos bom resultado”, afirmou.

“Não vamos permitir ‘luandizar’ Angola. Vamos formar duas capitais, uma política em Luanda e outra turistica no Namibe”.

Quintino Moreira voltou a falar da possibilidade de construir uma auto-estrada que liga as províncias do Norte às do Sul de Angola, até mesmo aos países vizinhos.

O candidato da APN, termina o seu percurso na província da Huíla, nesta tarde, de seguida regressa a capital do país. Antes da sua saída do Lubango o líder político vai fazer um balanço da sua actividade nesta província, em Conferência de Imprensa, em uma unidade hoteleira na cidade do Lubango.