Connect with us

Sociedade

Mais da metade dos inscritos no concurso da Saúde reprovaram

Published

on

Dos 154.722 candidatos que realizaram as provas do Concurso Público 2022 para o preenchimento de 6098 vagas, no Ministério da Saúde, apenas 77.691, 46,3%, obtiveram notas positivas.

No início de Dezembro, a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, informou que o Governo vai “continuar a realizar concursos públicos até 2024, para dar resposta ao crescimento da população e ao aumento crescente das infra-estruturas”.

“Incrementaremos o desenvolvimento do capital humano com um aumento das acções de formação, capacitação, especialização em áreas prioritárias e o desenvolvimento das carreiras dos quadros do sector”, disse, a ministra, durante discurso de abertura do Conselho Consultivo do MINSA, a 03 de Dezembro.

O comunicado divulgado pelo MINSA, esta quinta-feira, 22, em posse do Correio da Kianda, informa que os resultados podem ser verificados através do site www.ingresso-minsa.ao. Orienta ainda que as reclamações deverão ser feitas no período de 23 de Dezembro a 02 de Janeiro de 2023.

O concurso visa preencher vagas nas Carreiras Médicas, Enfermagem, Técnicos de Diagnóstico e Terapêutico, Apoio Hospitalar,  Regime Geral e Trabalhador Social.

As vagas, informa o comunicado, serão preenchidas de acordo com a nota mais alta, especialidades com mais carência e número de vagas.

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.