Connect with us

Sociedade

Apenas 30 dos 277 angolanos residentes na Ucrânia aceitaram regressar para Angola

Published

on

O Ministério das Relações Exteriores, fez saber hoje, em comunicado, que no âmbito da efectivação do plano de contingência da evacuação dos cidadãos angolanos que se refugiaram na República da Polónia idos do território da Ucrânia, o Governo da República de Angola, através da Missão Diplomática na Polónia, criou condições de recepção de todos os cidadãos angolanos atingidos pelo conflito, tendo até ao dia de ontem, 5 de Março, chegado a Varsóvia 277 cidadãos.

Em função disto, o Executivo angolano mobilizou um meio aéreo – um Boeing Triple Seven – para trazer para Angola a totalidade dos referidos cidadãos, incluindo os cônjuges nacionais e estrangeiros.

Entretanto, dos 277 cidadãos acolhidos em Varsóvia, apenas trinta (30) aceitaram embarcar para Angola, tendo os restantes decidido permanecer em solo polaco por sua conta e risco, o que exonera o Estado angolano de responsabilidades sobre estes cidadãos, excepto apoio consular possível.

No âmbito da vocação panafricanista da República de Angola, o Governo aceitou transportar no mesmo avião cidadãos de outros países do nosso continente.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.