Connect with us

Economia

ANPG usará solução TECH-Ecologia para monitoramento de derrames

Published

on

O Presidente do Conselho de Administração da Agência Nacional de Petróleo e Gás (ANPG), Paulino Jerónimo, acompanhado por membros do seu elenco visitou, hoje, dia 12, as instalações do Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional (GGPEN), no município de Talatona, Luanda, no âmbito do contrato existente entre a Concessionária Nacional do sector petrolífero e o provedor da solução Tech-Ecologia, que vai monitorar a prevenção de derrames na costa angolana.

Com este serviço, a ANPG vê-se reforçada na sua actuação como reguladora e fiscalizadora, na medida em que alarga a capacidade de recolha de alertas em tempo real, em caso de ocorrência de derrames no offshore nacional.

As imagens de satélites permitem observar grandes extensões de área do oceano a custo reduzido. Com a Tech-Ecologia é possível fazer o monitoramento diário, semanal ou sob demanda de um determinado bloco petrolífero, fornecendo relatórios de monitorização de derrames e acesso à ferramenta online de monitorização, disponibilizando dados sobre frequência e a extensão da área atingida pelos derrames.

Os derrames de petróleo resultantes da actividade petrolífera constituem um grande risco para o ambiente, no que concerne a preservação da vida nos oceanos (ODS 14 da agenda 2030), e uma ameaça para a economia azul. Estima-se que em África sejam derramadas uma média 6.69 toneladas de petróleo a cada um milhão de toneladas produzidas.

Atendendo ao desafio de monitorar a ocorrência de derrames nos mares africanos e de Angola em particular, o Gabinete de Gestão do Programa Espacial Nacional desenvolveu a solução tecnológica espacial TECH-Ecologia, que permite fiscalizar e detectar derrames de petróleo, a partir de imagens de satélite. 

Criado pelo Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social (MINTTICS), no âmbito do Programa Espacial Nacional, através do GGPEN, o Laboratório de Pesquisa e Desenvolvimento de Soluções Tecnológicas Espaciais tem como grande objectivo desenvolver soluções voltadas para apoio à economia nacional nos mais variados sectores, desde a indústria, a agricultura, o ambiente e também as obras públicas.