Connect with us

Mundo

Aniversário da presidência de Tshisekedi vai ter festa de 5,4 milhões de euros

Published

on

As autoridades da República Democrática do Congo (RD Congo) anunciaram hoje que as celebrações do primeiro ano de mandato do presidente, Felix Tshisekedi, irão custar 5,4 milhões de euros, uma verba que tem motivado críticas da oposição.

Em 24 de janeiro, a RD Congo “comemora o ano da mudança democrática e pacífica do poder no nosso país”, anunciou André Kabanda Kana, porta-voz da presidência, numa cerimónia oficial.

“O governo estabeleceu um orçamento de seis milhões de dólares para as festividades”, disse à imprensa, acrescentando que “o erário público e os patrocinadores” vão financiar essa verba.

Esta decisão tem sido criticada por vários setores da sociedade.

“Isto é totalmente incongruente. Isto é uma má gestão frenética dos recursos públicos” e é “um desprezo aberto pelo sofrimento da população”, disse Olivier Kamitatu, porta-voz do oponente Moïse Katumbi.

O ex-primeiro-ministro Adolphe Muzito afirmou que a iniciativa “é uma comédia, uma loucura”.

“Se eles querem provar a todo o custo que houve uma alternância, é porque lá no fundo eles sabem que não houve tal coisa”, reagiu o ex-candidato presidencial Seth Kikuni.

Na presença de vários membros do governo, o porta-voz presidencial explicou que chefes de Estado da região, assim como amigos do presidente Tshisekedi e do seu antecessor Joseph Kabila serão convidados para o evento.

Antigo adversário de KabilaTshisekedi foi proclamado vencedor das eleições presidenciais de 30 de dezembro de 2018 e tomou posse a 24 de janeiro, num acordo de coligação com o seu antecessor, cujos apoiantes na Frente Comum do Congo (FCC) têm a maioria dos lugares na Assembleia Nacional, no Senado e nas assembleias provinciais.

A maioria dos 80 milhões de congoleses vive com menos de 1,25 dólares por dia.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *