Connect with us

Sociedade

Angolanos em tratamento em Portugal temem ser despejados

Published

on

A SIC Notícias divulgou uma reportagem em que denuncia  que o Governo angolano não paga alojamento, nem alimentação a um grupo de doentes que estão a ser tratados em Lisboa, Portugal.

A equipa da SIC visitou uma pensão na capital portuguesa onde alega estarem hospedados quase 60 angolanos, entre os quais crianças, cujas despesas com alojamento e alimentação, são de responsabilidade do Estado angolano, para além de  um subsídio de apoio que, segundo a publicação, “não ultrapassa os 50 euros”.

Ainda de acordo com a reportagem, o Governo angolano “deixou de fazer transferências ao dono da pensão há alguns meses. Como retaliação, foram cortadas as refeições, que também eram servidas pelos responsáveis do alojamento”.

“Acreditamos que mais tarde vai nos cortar a luz, a água e há de chegar o momento, como aconteceu em outras situações e condições, em que alguns doentes vão ter de ser despejados”, disse um entrevistado.

A SIC disse ainda que contactou a Embaixada de Angola que “reconhece que tem dívidas com várias entidades em Portugal”.

“A responsável pela Saúde diz que as transferências de dinheiro para Portugal estão mais difíceis por causa da pandemia do novo coronavírus, mas garante que vai pagar, mesmo que demore vários meses”, finalizou.