Connect with us

Politica

“Angola tem uma agenda muito forte”, diz analista sobre discurso do PR na ONU

Published

on

O Presidente João Lourenço discursa hoje, 20, no segundo dia da sessão anual da Assembleia Geral das Nações Unidas, que decorre até terça-feira da próxima semana.

O arranque da sessão anual da Assembleia Geral das Nações Unidas foi marcado essencialmente por discursos do Secretário-Geral, António Guterres, do Presidente do Brasil, Lula da Silva, e do Presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden, respeitando um ritual seguido há décadas.

À margem dos trabalhos da maior tribuna política mundial, o Chefe de Estado angolano tem dado primazia em captar investimentos e fazer negócios para o futuro desenvolvimento sustentável.

O analista em relações internacionais Mário Gerson, faz a antevisão daquilo que pode vir a ser destacado no discurso do presidente João Lourenço.

“Como se sabe, Angola tem uma agenda muito forte desde a questão dos grandes lagos, a questão de Moçambique, da República Centro Africana, as questões climáticas, o bloqueio a Cuba e, portanto, o presidente João Lourenço, naturalmente, que vai também esboçar aquilo que são as grandes realizações políticas e diplomáticas de Angola nas distintas organizações na qual Angola faz parte”, analisou.

Para hoje, estão previstos discursos de outros presidentes da Lusofonia, como Timor-Leste, Guiné-Bissau e Cabo Verde.

Formado em radiojornalismo, com passagem por órgãos de comunicação social públicos e privados. Possui formação internacional em Comunicação e Multimedia. Estudante do curso superior de Gestão/Comunicação e Marketing.