Connect with us

País

Angola sobe três lugares no ranking dos passaportes mais valiosos

Published

on

Angola subiu três lugares no ranking dos passaportes mais valiosos do mundo (Henley Passport Index 2022), passando da posição 98 para 95, numa escala de 199 países. 

Na estatística, os passaportes do Japão, Singapura e Coreia do Sul são considerados os mais valiosos do mundo. Na sequência destacam-se, igualmente, países como Alemanha, Espanha, Finlândia e Itália.

Com dados históricos de 17 anos, o Henley Passport Index é o único do seu tipo baseado em dados exclusivos da Autoridade Internacional de Transporte Aéreo (IATA).

O índice inclui 199 passaportes diferentes e 227 destinos de viagem diferentes. Actualizado trimestralmente, o Henley Passport Index é considerado a ferramenta de referência padrão para cidadãos globais e Estados soberanos ao avaliar a classificação de um passaporte no espectro de mobilidade global.

Entretanto, o passaporte nigeriano foi classificado em 100º, neste índice que é publicado, trimestralmente, pela Henley & Partners, uma empresa de consultoria de residência e cidadania global com sede em Londres.

Comparou, igualmente, o acesso sem visto de 199 passaportes diferentes a 227 destinos de viagem e os classificou com base no acesso global e na mobilidade.

O ranking é baseado em dados exclusivos da Associação Internacional de Transporte Aéreo, que mantém o maior e mais preciso banco de dados de informações de viagens do mundo e teve o Índice a mostrou que a Nigéria caiu uma posição, pois ficou em 99º lugar no índice do segundo trimestre de 2022 e abaixo de alguns países africanos, como Ghana, Quénia, Togo, Uganda, Zâmbia, Mali e Malawi, entre outros.

Três países asiáticos, Japão, Cingapura e Coreia do Sul estavam no topo da tabela. Com um passaporte japonês, pode-se viajar para 193 países sem necessidade de visto. Enquanto a Nigéria tinha uma pontuação zero de isenção de visto, o que significava que, com um passaporte nigeriano, seria necessário um visto para ter acesso a qualquer país.

Em relatório semelhante da Henley & Partners, relatório Henley Global Mobility, o grupo comparou o Global Peace Index com o ranking do passaporte, afirmando que o nível de tranquilidade em um país também contribuiu para a posição do país no ranking no HPI. O relatório revelou uma forte correlação entre as duas classificações.