Connect with us

Desporto

Angola seleccionada como novo país anfitrião da FIBA ​​AfroBasket 2017

Published

on

Angola pode acolher de 19 a 30 de Agosto deste ano a 29.ª edição do Campeonato Africano das Nações, Afrobasket, em basquetebol sénior masculino, prova inicialmente agendada para o Congo Brazzaville, que desistiu da organização do evento por alegadas dificuldades financeiras.

A FIBA-África, órgão que tutela a modalidade no continente, presidido pelo marfinense Frederic Ekra, aguarda por uma resposta das autoridades angolanos nos próximos 10 dias.
Na eventualidade do convite ser aceite, o país recebe a competição que envolve as 16 nações pela quarta vez, depois de já o ter feito em 1989, 1999 e 2007, tendo erguido sempre no final a taça e exibido no peito a medalha de ouro.

A decisão foi tomada no Congresso da FIBA, realizado em Bamako, capital do Mali, tendo os membros do Bureau daquela instituição, na presença do presidente da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), Hélder Cruz “Maneda”, votado por maioria.

As condições desportivas e organizativas, o historial de conquistas, a construção do Pavilhão Multiuso do Kilamba, a hospitalidade, pontos turísticos e hotéis com qualidade, além de ter sido o único país a acolher a competição em cinco cidades-sede, foram alguns dos argumentos apresentados pelos dirigentes da FIBA-África para a escolha de Angola.

A FIBA-África, órgão que tutela a modalidade no continente, presidido pelo marfinense Frederic Ekra, aguarda por uma resposta das autoridades angolanos nos próximos 10 dias.
Na eventualidade do convite ser aceite, o país recebe a competição que envolve as 16 nações pela quarta vez, depois de já o ter feito em 1989, 1999 e 2007, tendo erguido sempre no final a taça e exibido no peito a medalha de ouro.

Quinze selecções estão já qualificadas para o Afrobasket, designadamente, Angola, hendecacampeã, Nigéria (detentora do título), África do Sul, Marrocos, Tunísia, Egipto, Costa do Marfim, Senegal, Mali, Camarões, Guiné Conacri, Moçambique e República Democrática do Congo. Rwanda e Uganda (“Wild Cards”) são as equipas convidadas. Em substituição do Congo Brazzaville, a FIBA-África vai endereçar um novo “Wild Card” (convite).

 

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Colunistas