Connect with us

Sociedade

Angola regista mais de vinte mil casos de VIH-SIDA por ano

Published

on

O presidente da Rede Angolana das Organizações de Serviços de Sida (ANASO), António Coelho, mostra-se preocupado com a falta de recursos para fazer face aos números dos casos de VIH-SIDA, que sobem quase todos os dias em Angola.

O responsável, que fala em mais de vinte mil infecções por ano, referiu que devido às enormes dificuldades, nos últimos cinco anos, o país registou um decréscimo considerável no número de organizações que se dedicam ao apoio às comunidades.

António Coelho denunciou novamente, por outro lado, a transmissão dolosa do vírus, protagonizada na sua maioria por aproveitadores bem posicionados financeiramente, onde as vítimas são jovens e adolescentes.

“São pessoas com alguma saúde financeira, fundamentalmente com mais de cinquenta anos que tem estado a transmitir de forma dolosa. Recebemos uma média de quinze denúncias por dia e temos aconselhado a recorrer as autoridades competentes. A maior parte das denúncias são de pessoas que tem 15 e 29 anos com alguma escassez social e procuram melhor qualidade de vida”, disse.

Jornalista multimédia com quase 15 anos de carreira, como repórter, locutor e editor, tratando matérias de índole socioeconómico, cultural e político é o único jornalista angolano eleito entre os 100 “Heróis da Informação” do mundo, pela organização Repórteres Sem Fronteira. Licenciado em Direito, na especialidade Jurídico-Forense, foi ainda editor-chefe e Director Geral da Rádio Despertar.