Connect with us

Politica

“Angola recuperou posição de segundo maior parceiro da China em África”

Published

on

Angola recuperou, em 2022, a posição de segundo maior parceiro da China em África, perdida em 2020, e o volume comercial entre os dois países foi de mais de 22 mil milhões de dólares norte-americanos, de Janeiro a Novembro de 2022.

Para o embaixador da China em Angola, Zhang Bin, que considera o nosso país como um parceiro importante em África, este volume representa um aumento acima de 26 por cento em relação ao mesmo período do ano anterior em que as exportações angolanas para a China foram mais diversificadas.

Lembrar que Angola e China darão, esta semana, mais um passo rumo à consolidação da cooperação bilateral, no quadro da visita de Estado do Presidente João Lourenço a este país.

O Chefe de Estado angolano realiza uma missão de três dias às terras do “gigante asiático”, com foco no aprofundamento das relações económicas e empresariais, que se pretendem mais “vibrantes”.

Com esta visita, os dois países terão a chance de avaliar a eficácia dos acordos existentes e projectar novas áreas de investimento, envolvendo, sobretudo, o sector privado.

Durante os três dias de visita, o ponto mais alto será um encontro com o Presidente Xi Jinping, no primeiro dia, para abordar a estratégia futura das relações bilaterais.

China espera que visita de João Lourenço impulsione relações bilaterais

Formado em radiojornalismo, com passagem por órgãos de comunicação social públicos e privados. Possui formação internacional em Comunicação e Multimedia. Estudante do curso superior de Gestão/Comunicação e Marketing.