Connect with us

Politica

Angola promove fórum de investimento mineiro na África do Sul

Published

on

Arrancou esta segunda-feira, 06, na África do Sul, a Conferência Internacional de Minas, Mining Indaba 2023. Sob o lema “Desbloquear o futuro da mineração de África”, o evento terá também um fórum de investimento mineiro, no dia 7 de Fevereiro, “Dia de Angola”.

Para além das habituais empresas diamantíferas, pela primeira vez Angola participa no evento com empresas mineiras não diamantíferas, nomeadamente a Shining Star Icarus (exploração de cobre), Ozango Minerais (elementos de terras raras no projecto Longonjo), Geosondas (prestadora de serviços para o sector mineiro), HMGranitos (rochas ornamentais) e Minbos (para rocha fosfatada com o objectivo de produzir fertilizantes granulados de fosfatos em Cabinda).

“A adopção deste novo formato visa demonstrar a implementação da estratégia da diversificação da produção de mineiras em Angola”, informou o Director Nacional dos Recursos Minerais, Paulo Tanganha, num comunicado a qual o Correio da Kianda teve acesso.

Sob coordenação do Ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, Diamantino Azevedo, o país vai apresentar o seu potencial mineiro, “com destaque para os minerais críticos para a transição energética”.

Formada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, a profissional actua no mercado de comunicação há 18 anos. Iniciou a sua carreira em 2004, apresentando um programa de rádio e logo migrou para a comunicação digital, para a impressa e, posteriormente, a institucional. Tem vasta experiência como web journalist, criação e gestão de redes sociais, tendo participado dos projectos de desenvolvimento de diversos sites, blogs e redes sociais governamentais, privados e do terceiro sector. Reside em Luanda desde 2012, tendo trabalhado como jornalista no portal de notícias Rede Angola, como assessora de imprensa e directora de Comunicação e Operações nas Agências NC - Núcleo de Comunicação e F.O.T.Y, atendendo diversos clientes governamentais e privados. Actualmente trabalha como editora do portal Correio da Kianda.