Connect with us

Politica

Angola melhora posição no Índice Internacional de Corrupção

Published

on

A República de Angola melhorou 14 pontos, no Índice Internacional de Corrupção, de acordo com um relatório anual divulgado esta terça-feira pela ONG que trabalha na análise de dados relacionados à corrupção. A posição alcançada, de acordo com o relatório, deve às acções de combate à corrupção que o executivo de João Lourenço tem levado a cabo, desde que chegou ao poder em 2018.

O relatório coloca Angola na posição 121, ao alcançar 33 pontos na escala de 0 a 100 da Transparência Internacional.

Segundo a ONG, Angola adoptou medidas e aplicou de forma consistente as medidas antí-corrupção nos últimos anos na missão de recuperar bens roubados e recuperar activos do Estado, por meio dos sistemas judiciais nacionais.

“Angola finalizou uma estratégia antí-corrupção para o período de 2018/2022, e estes esforços, juntamente com outras reformas judiciais conduziram a recuperação de 3,3 mil milhões de dólares em activos pelo Fundo Soberano”, lê-se no documento.

As investigações e acções penais contra altos funcionários do Estado angolano e que permitiram a recuperação de cerca de sete mil milhões de dólares entram também nos factores que contribuíram para a soma de posição de Angola no Índice de Transparência Internacional.

Colunistas